A pandemia de Covid19 e a audiência de custódia