Ano novo e as novas ameaças digitais e o Código Penal Brasileiro antigo?


Em 2022, novos métodos de criptografia de dados e métodos de coleta de resgate podem afetar os ataques de ransomware, portanto, as soluções de segurança terão que se apressar para encontrar novas maneiras de mitigar a ameaça.


INFOSTEALERS


Ladrões de informações são usados ​​como ameaças, como o nome em inglês indica, para roubar informações de máquinas infectadas. Dados bancários, arquivos e arquivos sigilosos são alguns dos alvos do vírus. De acordo com levantamento da Check Point, até 2021, 5,25% das empresas no Brasil estarão infectadas com o vírus.

Além disso, muitos softwares piratas da Internet também infectam máquinas junto com ameaças. Portanto, é provável que o vírus continue a aumentar em 2022, e as empresas de segurança aconselham os usuários a prestar atenção ao clicar em links para baixar programas de fontes não identificadas. A prova vem da Black Friday, no final do ano passado.


WEB SKIMMERS



Web Skimmers é um código malicioso informalmente implantado em sites de varejo online para roubar dados financeiros dos consumidores. Esse tipo de fraude pode se tornar um dos problemas mais problemáticos deste ano. Embora os ataques clássicos de phishing via spam sejam agora bem conhecidos, uma nova variante usa deepfakes para roubar e convencer as vítimas a acreditar na autenticidade do site ou na autenticidade das mensagens enviadas. Um dos exemplos mais famosos pode ser em 2020, quando um banco O gerente nos Emirados Árabes Unidos finalmente forneceu informações confidenciais a um criminoso que clonou a voz de um humano. Funcionários da agência.


PHISHING COM DEEPFAKE




Em 2022, essa ameaça ainda pode existir e cada uma de suas implementações em diferentes plataformas de varejo deve ser entendida. .Este tipo de fraude pode se tornar um dos problemas mais problemáticos deste ano. Embora seja um ataque de phishing clássico, agora está amplamente disseminado por meio de spam. É bem conhecido que uma nova variante que usa falsificação profunda para convencer as vítimas a acreditar na autenticidade do site ou da mensagem enviada começou a surgir. Uma das mais famosas os exemplos podem ser rastreados até 2020. Em ‧ na época, um gerente de banco nos Emirados Árabes Unidos finalmente permitiu o acesso para fornecer informações confidenciais a criminosos que copiaram as vozes de funcionários de agências. Preste atenção a possíveis defeitos em imagens e áudio, como distorção visual e sonora ou expressões faciais irrealistas.


MALWARE EM CELULARES




Os telefones celulares também podem estar infectados com ameaças cibernéticas. Até 2022, os criminosos serão capazes de desenvolver métodos mais eficazes para espalhar vírus nesses dispositivos para obter informações bancárias e pessoais dos usuários. Por segurança, além de usar uma solução antivírus em seu dispositivo, é importante sempre baixar programas de fontes oficiais, como Google Play Store ou App Store da Apple. A ascensão do mercado de criptomoedas em 2021 torna o setor um tema quente na Internet, e os criminosos também aproveitam esta oportunidade para tentar lucrar com essa onda de investimentos. Normalmente, há duas formas diferentes de ataque: uma é a instalação de vírus e o uso da máquina infectada para minerar ativos digitais, o que aumenta muito o uso da CPU e a conta de eletricidade do computador da vítima.


GOLPES COM QR CODE




No segundo caso, como um golpe financeiro, como fez o Faraó Bitcoin, ao prometer lucros substanciais, as pessoas são induzidas a investir em criptomoedas com corretores específicos. Depois que as vítimas depositaram o dinheiro, os chefes dessas empresas não só não pagaram o dinheiro extra prometido no contrato, mas também desviaram o dinheiro para outros fins. Alguns golpes usam códigos QR para enganar os pagamentos por meio do Pix e até mesmo direcionar as vítimas a endereços maliciosos onde os golpes de phishing podem ocorrer. Para evitar esse tipo de fraude, não faça a varredura de códigos de fontes suspeitas e certifique-se de verificar as informações da transação ao efetuar um pagamento.


CONCLUSÃO


Portanto devemos sempre adotar as dicas básicas de segurança não clicar em qualquer link que desconhecidos nos enviam, cuidados básicos com a redes sociais, desconfiar que ofertas tentadoras, prêmios ou qualquer vantagem muito além da realidade, quando estamos na rede mundial de computadores o mundo é virtual mas acreditem quando é vítima de um golpe virtual o prejuízo é bem real. No caso do usuário for vítima de um golpe virtual/ crime virtual é recomendável procurar um advogado especialista em crimes cibernéticos, pois ele é a pessoa mais indicada para ajudar a resolver o problema.

Fonte IstoÉ Dinheiro.

Aproveito para te convidar a acompanhar o nosso blog basta clicar aqui.


E nossas redes sociais: Facebook advocacialudgero criminal.


Instagram: @ludgeroadvocacia


Twitter: @LudgeroContato.


Linkedin: Ludgero Criminalista Ludgero






82 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo