As armadilhas criminais no Metaverso


O Metaverso é a interseção da realidade aumentada e da realidade virtual, e vai muito além dos jogos. É sobre viver através de avatares e viver em mundos virtuais, como trabalhar, fazer compras, ganhar dinheiro, aprimorar habilidades e muitas outras possibilidades.

A plataforma é um universo virtual 3D com 14 tecnologias que vão revolucionar vidas.

É a probabilidade prevista, por exemplo, de alguns crimes que possam ocorrer no mundo virtual, como crimes contra a reputação, crimes nos sistemas financeiro e tributário, violação de dados pessoais, simulações de transações, roubo de identidade, stalking, etc.

Ressaltamos que caso os consumidores sejam prejudicados em alguma medida por esse mundo virtual, e qualquer dano seja causado, todo o processo será aplicado por meio do disposto na Lei de Defesa do Consumidor e demais dispositivos legais já aplicados ao próprio direito digital.



Embora seja uma novidade que ainda está sendo aperfeiçoada, os advogados ressaltam que, no caso de crimes de reputação no mundo virtual, as pessoas não devem esquecer que os avatares representam usuários/pessoas da vida real, e qualquer troca de crimes deve ser feita por a plataforma para a punição de quem comete crimes nesse ambiente, especialistas alertam que a própria justiça brasileira tem mecanismos.

Temos uma legislação, focada no meio digital, que consegue penalizar aqueles que cometerem crimes no metaverso, como o Marco Civil da Internet, Lei Carolina Dieckman, Lei do Stalking e demais dispositivos legais pertinentes”.

Aproveito para te convidar a acompanhar o nosso blog basta clicar aqui.


E nossas redes sociais: Facebook advocacialudgero criminal.


Instagram: @ludgeroadvocacia


Twitter: @LudgeroContato.


Linkedin: Ludgero Criminalista Ludgero

117 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo