O Furto qualificado e o princípio da insignificância